Criado em 2001 o Grupo Onça Pintada é uma Organização Não Governamental (ONG), instituída como associação civil sem fins lucrativos que desenvolve em Mato Grosso do Sul programas de prevenção e combate ao câncer de mama.

Após perder a mãe e outros familiares em decorrência de um câncer, o deputado Paulo Corrêa desenvolveu o desejo de criar um projeto para orientar mulheres sobre como prevenir o aparecimento da doença.

O programa conta com apoio do deputado Paulo Corrêa em parceria com o  governo do Estado de Mato Grosso do Sul, por meio da Secretaria de Estado de Saúde.

   

Com a finalidade de conscientizar a população sobre os perigos da doença e a importância do auto exame regular, a unidade móvel do GOP, adaptada com equipamentos e macas, percorre os municípios do Estado, incluindo localidades de difícil acesso como aldeias indígenas , assentamentos rurais e comunidades menos favorecidas, onde são realizadas palestras e exames preventivos, alertando as pacientes sobre como detectar nódulos e a importância de se fazer o auto exame da mama mensalmente.

Cada mulher é atendida individualmente e nos casos em que são detectados nódulos as pacientes são encaminhadas para realização de exames, cirurgias, quimioterapia ou radioterapia e reconstrução mamária. Todo este processo é acompanhado pela equipe do Grupo Onça Pintada, formada por médicos ginecologistas, enfermeiros e auxiliares, que mantém contato com hospitais da rede pública para realização do tratamento.

Em onze anos de existência o Grupo Onça pintada já percorreu mais de 60 municípios sul-mato-grossenses, atendeu mais de 40 mil pessoas, realizou mais de 5 mil exames e pelo menos 2 mil mulheres foram encaminhadas para tratamento cirúrgico.

Atualmente o GOP conta um aparelho de utrasson e tem como meta a aquisição de um mamógrafo para atender com mais precisão e rapidez.